“The best kind of prize is a surprise” . Esta é uma frase de Willy Wonka e que pode servir de lema para uma vida…

Willy_WonkaWilly Wonka é um tipo estranho (e que tanto me fez lembrar um certo pirata que ainda hoje deve andar lá pelos lados das Caraibas). Não contando com o seu gosto estranho para roupas e adereços (os óculos estão na moda, basta consultar qq catalogo das grandes griffes internacionais), o que mais me encantou foi o seu humor a dar para o acinzentado. Bizzaro qb e perverso a gosto, Willy Wonka faz-nos uma visita guiada pelo seu mundo (e aquilo é mesmo um mundo de tão grande e tão diversificados que são os vários ambientes) enquanto se vai livrando dos inconvenientes (as crianças que ora se afogam em rios de chocolate, ora incham que nem balões ou caem dentro de inceneradores) pelo caminho. Este caminho, ora sério (a preto e branco e carrancudo) ora alegre e divertido (inundado de cores básicas como os vermelhos, amarelos e outros que tais) transforma-se ele mesmo em mais um personagem da história quando começa, como que com vida própria, o tal processo de selecção que acaba por dar Charlie como vencedor o tal “prize”. Sim, é o caminho apesar de logo no inicio Willy nos avisar sobre o facto dos Oompa Loompas serem muito brincalhões e gostarem de pregar partidas, estes não as pregam mas complementam-nas com as suas magnificas coreografias e jocosas canções.
Depois há a mensagem (que um filme destes não podia deixar de ter) que neste caso é para a Familia. Para toda e para todas as Familias.

Escrevi tanto para dizer tão pouco não foi? Não vos contei a mensagem, não vos disse quem são os Loompas nem tãopouco como foi o Charlie parar à casa do Willy… Pois não. Não disse nem digo. Vão ver o filme que vale bem a pena. Só vos digo que, uma vez mais se confirma que Tim Burton é um puto grande e que Jonny Depp, adora ser um puto reguila. Está tudo muito bem…

Y_Tu_Mama_Tambien-Lust_for_Life“E a tua mãe também” (Y tu mamá tambíen) é uma comédia. Não deixa de o ser. Mas é naquele sentido em que a vida pode ser uma verdadeira palhaçada e como tal, ter os seus altos e baixos, os bons e os maus momentos. É também um filme de aventura pois outro nome não podia ter (talvez loucura) a jornada que Tenoch e Julio tomam pela frente quando Luisa (prima de Tenoch) aceita ir com eles até à praia. O facto de Luisa ser casada não importa. Assim como também não importa o facto de que ambos já se masturbaram a pensar nela. As namoradas estão em viagem (e quando voltarem, não voltam para eles). Porque não ir em viagem também. Ao fim e ao cabo, elas certamente estarão a fornicar com um italiano qualquer. Ou dois. Ou muitos…
E depois há a estrada. O raio q’a parta da estrada que nunca mais acaba, onde se cruzam com as operações stop dos militares como se de mais um sinal de transito se tratassem. E fuma-se. Fuma-se muito. Há pensões de beira de estrada e sexo rápido. Há poeira no ar quando se chegam à berma. E a praia. Aquela que nem eles (que para lá se dirigiam) acreditavam existir. Mas existe. Uma maldita voz (ainda bem que lá está) que nos vai dizendo, desde o primeiro momento, o que foi, o que é e o que vai ser daquela gente… O tempo para quando se ouve mesmo sem nada parar. A estrada mostra-nos o México. Os que lá vivem, os que vivem bem e os outros. Os quase todos…

No meio disto tudo, há amor. É preciso descobrir onde. Mas ele está lá.

p.s. A comprar o DVD assim que possivel.

Eu ontem não vi a Galactica na SIC. Não me atirem já com pedras e virus e coisas que tais… Não vi porque já tinha visto. Mais do que uma vez ok? Espero que tenham visto e espero também que tenham comentários a fazer mas isso é noutro sitio

fireflydvdEnquanto a SIC passava os dois primeiros episódios de Galactica estava eu a descobrir uma outra série que me deixou (e ainda agora começou) a babar: Firefly. Num futuro ainda longinquo (daqui a mais ou menos 500 anos), o sargento Mal Reynolds foi abandonado em cenário de guerra. De repente passaram seis anos e vemos que o dito sargento escapou assim como uma das suas companheiras de combate, Zoe. Juntos com uma tripulação estranha qb viajam numa nave da classe Firefly a que chamam de Serenity com um objectivo principal: ir sobrevivendo.

Um dia numa das suas viagens levam consigo alguns passageiros mais misteriosos do que o esperado e…

E se querem mais podem sempre comprar a série em DVD, insistir com alguma das estações de televisão nacionais para a transmitir ou, em último recurso, sintonizar as vossas máquinas na MulaTV e lá vai disto…
Seja qual for a opção, estou certo de que não se vão arrepender.

Battlestar Gallactica SciFi PosterAinda custa a acreditar. A SIC vai transmitir na próxima segunda-feira dia 15 pelas 14 horas, a mini-série que deu origem à série mais vista da história do canal Sci-Fi: Battlestar Galactica.
Ainda há esperança…

Para todos quantos não tiveram ainda oportunidade de ver (sim, eu sei. Cá pela lusa pátria só mesmo na MulaTV), vejam. Se forem sair, gravem. Para todos quantos já viram (como eu), revejam.

Pela minha parte começei ontem a ver a Second Season (de relembrar o dia em que resolvi adquirir lá para casa um leitor de DVD Philips 630. DivX, legendas, tudo…) e cada vez mais entendo o porquê desta série estar a alcançar a popularidade que está. Tirem as dúvidas. Na próxima segunda. Talvez seja um incentivo para a referida estção adquirir os direitos de transmissão da série completa…

Hoje fui almoçar a Birre com a Susana e uns colegas e eis senão quando dou com a Ana a comentar os filmes que temos visto no cinema. – “Foram ver o Colisão, os Quatro Fantásticos…” – Perante a minha admiração sobre como saberia ela disto, a resposta foi simples qb: “Tenho lido o teu site.”. E pois. E já está. Aqui se cruza a realidade online com a outra, a IRL (In Real Life). Alguém que efectivamente me conheçe, que sabe onde trabalho e onde vivo e que também lê o que escrevo aqui. E eu não sabia. Assim que pude fui olhar para os stats do browserd days. Em 40 dias foram já 5800 visitas. Com 106 posts e 124 comentários, a resposta da Ana foi um toque de realidade para além do virtual. Ela nunca comentou aqui no site mas pelos vistos, centenas de outras pessoas que por cá passaram também não. E depois? Elas passaram e muitas continuam a passar. Algumas até me conheçem. Isto sabe bem. Com um pouco de insistência ainda acabo a gostar do termo blog (que eu detesto já vos disse)…

Restaurante e Pizzeria “Gigino e Gigetto”
Estrada de Birre, 829
(frente às bombas da Galp)
Tel. 214 871 105 Fax: 214 871 449
BIRRE – Cascais