Archive | fotografia RSS feed for this section

Scooby-Doo e Zombies? Claro.

Quando era mais novo, muito mais novo, Scooby-Doo era um daqueles desenhos animados que não perdia. Quantas oportunidades havia para ter desenhos animados, histórias de detectives e terror ao mesmo tempo?

Não será de estranhar assim que a Patrícia tenha como um dos seus desenhos animados favoritos o Scooby-Doo, que começou a ver desde muito cedo, na sua versão clássica que passa no canal Boomerang.

Claro que anos passados, é por vezes difícil encontrar as tais histórias de detectives ou de terror no Scooby-Doo mas na altura, tal como para a Patrícia hoje…

Ainda assim, mesmo que muito tenha mudado (e vamos tentar esquecer os filmes de 2002  e 2004 assim como o telefilme de 2009) há coisas que ainda hoje estão iguais, pelo menos para mim: Os meus personagens favoritos.

Desculpem-me os mais aguerridos mas eu há muito que sou pessoa de gatos e, ainda que simpatize com o trapalhão Grand Danois, os meus personagens favoritos sempre foram o Shaggy e a Velma e como tal, muito me agradou descobrir o trabalho de Jeff Zoet onde, para além de todos os outros personagens, os dois da minha preferência estão particularmente bem representados.

Velma

O tema, bem, é do melhor que se pode arranjar para uma história do Scooby-Doo: Zombie Apocalypse. Os zombies estão lá, a Mistery Machine está lá, o céu ameaçador também. Agora é por a imaginação a trabalhar.

Shaggy

Velma and the Mistery Machine

O set completo pode ser visto na página do Facebook Jeff Zoet Visuals.

Comments { 0 }

Eles andam ai… Os logos.

Os logos andam ai. Eles existem. Todos sabemos disso. De quando em vez, fingimos que não os vemos mas lá no fundo no fundo, sabemos que eles lá estão, a olhar para nós. De repente, revelaram-se e mostraram ao mundo o seu verdadeiro propósito: a conquista. Largaram as suas bases, aquilo que os mantinham presos e agora…

MacDonald's 2003 by Matt Siber

MacDonald’s 2003 by Matt Siber

MacDonald's + Truck 2008 by Matt Siber

MacDonald’s + Truck 2008 by Matt Siber

O projecto Floating Logos divide-se em duas séries. A Serie I, onde os logos são fotografados de baixo, intencionalmente sem base, sem chão. A Serie II já nos mostra os logos enquadrados na paisagem numa perspectiva mais alargada…

Matt Siber é um americano, de Chicago, crescido em Boston e formado em História e Geografia que em determinada altura decidiu virar-se para a fotografia. A coisa correu-lhe tão bem que hoje tem o seu trabalho em sitios como o Art Institute of Chicago ou o Museum of Contemporary Photography. É também representado por galerias em Espanha e na Alemanha.

Esta abordagem lembrou-me o trabalho de um outro grande fotografo, que tenho o gosto e a honra de ter como amigo, Pedro Pinheiro. O seu projecto Pixel Abductions veio dar a conhecer ao mundo outra invasão, veio comprovar ao mundo a existência de outra vida que pairava sobre nós…

Arriving Home by Pedro Pinheiro

Arriving Home by Pedro Pinheiro

Há quem diga que, precisamente por não ter receio da verdade, o Pedro foi silenciado por outras e mais fortes instancias tal é a distancia que temos hoje da ultima fotografia da série, mas ainda assim, não perdemos a esperança…

Comments { 0 }

Separados à nascença: Pedro Rebelo e Zack Arias

Este tema já tinha surgido há uns anos atrás na conversa entre um grupo de amigos… Numa qualquer navegação pelas interwebs, em torno de um gosto comum, a fotografia, eis que alguém encontra Zack Arias e diz: “Pedro Rebelo (bem, disse @browserd para ser mais exacto) és tu.”.

Não era obviamente. Umas quantas gargalhadas, mais comentário menos comentário e a coisa esqueceu-se…

Ontem, em mais uma dessas deambulações de quem procura saber mais do que sabe, eis que me encontro novamente com Zack Arias e a primeira ideia que me veio à cabeça foi: “Se eu deixar crescer a barba Sons of Anarchy style será que me torno melhor fotografo?“.

Zack Arias

Original photo on Zack Arias web site. See link above.

Certo. É piada. Claro que é piada. Mas as parecenças são claras e é impossível não reparar. E sim, gostava de saber fotografar como o Zack Arias…

Comments { 3 }

Boas notícias da Canon

Não há como voltar atrás, está dito está dito:

Utilizadores da máquina fotográfica Canon S100, novidades!

A Canon acaba de publicar o reconhecimento do muito falado lens issue (problema das lentes) que tantos utilizadores afectou (não só da S100 mas também de outros modelos da gama PowerShot) assim como a relação dos números de série das máquinas com maior probabilidade de apresentarem o referido problema.

Números de Série Canon Powershot S100 afectadas

Todas as máquinas com números de série começados por 29 e até às máquinas com números de série começados por 41 estão em risco de apresentarem este problema ou seja, maquinas cujos números se apresentem no seguinte formato:

“29xxxxxxxxxx”, “30xxxxxxxxxx”… até “41xxxxxxxxxx”

Canon S100 serial number

Com esta publicação a Canon assume também a reparação gratuita das máquinas afectadas, independentemente de estarem ou não abrangidas pela garantia.

A publicação é referente aos Clientes que adquiriram as máquinas nos Estados Unidos da América e em Porto-Rico mas de qualquer maneira, fazem referência aos restantes Clientes, dizendo que estes devem contactar os centros de suporte Canon da região onde se encontram. Menos mal.

Bom suporte a Cliente

Como utilizador de máquinas Canon há já algum tempo e agora que ao fim de 7 anos estou de volta à gama Powershot (em 2005 era um feliz utilizador de uma Powershot S50), fico feliz em saber que uma das razões que me levaram a optar por esta marca na altura, continua hoje a ser uma razão de peso.

Comments { 3 }

Chegaram! Os meus moo free #uxlx cards

Comments { 1 }