Foi realmente uma grande semana. Sem parar um único dia, da Estratégia de Redes Sociais, sem Facebook até ao relacionar do Twitter com as Cidades Inteligentes, passando pela Identidade Digital e voltando ao Twitter para explicar o quanto essa rede social tem para nos dar, foi uma grande semana para a formação em redes sociais.

Grande pois parecia não acabar, e garantidamente, as 26 horas do dia pareciam nunca ser suficientes para tudo quanto queria dizer, tudo quanto queria lembrar, tudo quanto queria ensinar.

Pedro Rebelo  Formação em Redes Sociais
Fotografia de Mario Pires https://twitter.com/retorta

“Mas haverá assim tanto para dizer numa formação em redes sociais?” já me perguntaram alguns. Aliás, não é tão incomum quanto possa parecer, perguntarem-me “Mas para que é que alguém quer formação em redes sociais?“.

Sou capaz de dizer que é um pouco arrogante assumir que sabemos tudo o que há para saber sobre determinado tema mas, para além disso, há que lembrar que formação não implica obrigatoriamente, só falar de coisas novas, coisas que desconhecemos. Formação pode ser um relembrar de conhecimentos, ou um re-organizar dos mesmos, dar um sentido, um contexto, uma ordem, a determinados conceitos e práticas que, mesmo que conhecidos, não são aproveitados da melhor forma.

E formação em redes sociais é muitas vezes um juntar dessas duas vertentes.

Mas toda a gente tem Facebook. É mesmo preciso ter formação em redes sociais?

Há uns tempos atrás, uns alunos da minha faculdade colocaram um meme (para quem não sabe o que é, há formações onde se fala disso, ou então perguntem ao Google ou a mim. Qualquer um dos dois pode responder) no Facebook, com uma alusão pouco simpática a um determinado professor. Não sendo verdadeiramente explicita, para quem conhecesse o professor era clara. Antevendo o que iria acontecer, comentei:

Muito bom este meme. Agora quero ver quantos alunos vão ter coragem de fazer um Like.

O post foi apagado poucos minutos depois. É um erro não é? Sabemos que não se devem apagar posts do Facebook não sabemos? Alguns, aparentemente, não sabem.

De imediato fiz eu um novo post no Facebook, e desta feita não com um meme mas com um screenshot do post feito pelos alunos e com o meu comentário. Caiu o Carmo e a Trindade.

Alguns minutos depois, começa a conversa:

Pedro Rebelo a "dar formação em redes sociais" :)

Sim, isto acontece. E não acontece só a quem nunca mexeu nas redes sociais ou a quem não percebe nada disto de computadores ou de comunicação. Acontece a alunos, universitários, de Comunicação, com centenas de amigos espalhados por diversas redes sociais. E a pessoas que nunca tiveram formação de redes sociais também.

Mas se ainda assim acham que nada disto tem interesse, não no “mundo real”, não onde somos pessoas responsáveis, no mercado de trabalho, bem, poderia dizer-vos que estes alunos, universitários, serão em breve essas pessoas responsáveis, no mercado de trabalho. Mas mais do que isso, posso dizer-vos que há pessoas responsáveis, no mundo do trabalho, que aparentemente também nunca tiveram qualquer formação em redes sociais. Se tivessem tido não fariam coisas como estas:

Era só para os meus 170 seguidores

Sim, a Justine, tal como o Outro Aluno no exemplo anterior, também argumentou que escreveu o tweet só para divertir os seus 170 amigos no Twitter. Um deles era o jornalista Sam Biddle cuja conta no Twitter tem mais de 20 mil seguidores. É preciso contar o que aconteceu a seguir?

A viagem de Justine até Africa demorou 9 horas e quando aterrou, Justine já tinha sido despedida do seu cargo de Directora Sénior de Comunicação Corporativa na IAC, uma das grande empresas internacionais de Comunicação e Internet.

Formação de redes sociais para quê? Bem, é certo que gente com falta de bom senso há em todo o lado mas, convenhamos, o risco diminui com a formação certa.

Este post já vai longo e é Quinta-feira, véspera de feriado. Esta será uma semana mais curta. A ver vamos como será a semana que vem.

7 thoughts on “Formação em Redes Sociais, para quê?

  1. Orgulho e paciência certo mãe da Tita? Porque eu tenho a certeza de que tiveste que ter muita paciência para me aturar a semana passada com todo o mau feitio, quer dizer, falta de sono…
    Que ninguém tenha dúvidas, tens sido uma boa ajuda. Obrigado amor.

  2. Excelente artigo, com muita informação útil e sobretudo verdadeira. O mundo online é uma realidade e quem não conhece as regras pode efectivamente entrar num sem fim de problemas.

    Adoro o conceito de algumas pessoas que continuam a pensar que é possível cingir a informação a um grupo restrito de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*