Nighthawks, de Edward Hopper, é uma das obras de arte que incluo na lista das minhas favoritas. É certamente uma das pinturas que mais gosto e garantidamente uma das que mais me inspira (e depois temos Ophelia mas essa é outra história).

Nighthawks Edward Hopper  - Descaradamente sacada da Wikipedia

Muitas vezes pensei em ter uma reprodução de Nighthawks em casa mas, uma reprodução não é um original (desculpem o óbvio da declaração mas enfatiza o sentimento) e o original, bem, o original está no Art Institute of Chicago desde 1942 e não me parece que possa estar na minha sala tão cedo.

Nighthawks é mais que uma pintura.

Ouvir Nighthawks at the Diner podia de alguma forma, servir como compensação mas, ainda que expressando a ideia da obra original (a presumida, que não tenho conhecimento do Tom Waits ter alguma vez debatido o tema com Hopper), não estaria presente a técnica que, em conjunto com o sentido que a obra tem (e que claramente ajuda a construir), a torna tão especial.

Assim, não desistindo da ideia de ver uma referência a Nighthawks numa parede lá de casa, o tema tem passado regularmente para segundo plano, para a lista daquelas coisas de que nos lembramos de quando em vez.

E eis que uma dessas vezes aconteceu hoje, ao conhecer os trabalhos de David Hamilton.

David, não sendo um grande fã de pintura, assume-se como um grande fã de Star Wars desde o inicio da saga e, com a honestidade possível de quem não quer ofender os olhares mais puritanos e sensíveis no mundo da arte, propôs-se a juntar os dois universos em “edições especiais” de algumas das mais conhecidas pinturas de todos os tempos, entre elas, Nighthawks, de Edward Hopper.

Nighthawks by David Hamilton

No caso em particular da abordagem a Nighthawks, David Hamilton deixa uma observação:

Nighthawks fez-me imediatamente pensar na Mos Eisley Cantina; Eu podia ouvir o empregado de balcão a dizer “Nós não servimos esses tipos aqui.”

De referir ainda que, o trabalho de David Hamilton, no caso de Nighthawks, não é sobre uma replica da obra de Hopper mas sim sobre uma fotografia de uma outra representação de Nighthawks . Segundo o autor, a obra original já terá sido parodiada tantas vezes que ele preferiu apresentar a Cantina com uma nova perspectiva.

Vejam mais dos seus trabalhos no artigo do Bored Panda. Eu era capaz de ter um destes na sala (se a Susana deixasse, claro). E vocês?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*