Pois é. As borbulhas foram embora e a constipação também (pelo menos até ver). Voltei ao trabalho e à minha rica Rua do Ouro. Voltei ao Metro pela manhã, ao Chiado pelo almoço e ao Rossio ao final da tarde (apesar de ontem ter sido já ao principio da noite e nem ao Rossio cheguei senão a Susana matava-me. Direitinho ao Metro na Baixa-Chiado que já eram horas).


A parte do trabalho está dita. Pronto. Já deu para reparar que é muito e que o tempo nunca chega. Não é novidade. Agora a parte da volta ao site. Há uns tempos atrás ganhei coragem e fiz uma transladação da base de dados aqui do site. Para deixar a coisa mais arrumadinha, mais limpinha e organizada. Na altura aproveitei e limpei a referida base de dados de todas as referências ao plugin de estatísticas que aqui corria. E porquê? Porque os conteúdos do site ocupavam cerca de 20 megas na base de dados e as estatísticas ocupavam 170. O plugin que eu usava era o WP-ShortStat. Estava bastante satisfeito com ele é verdade mas só até ao dia em que tive problemas com o backup do site devido ao espaço que o menino ocupava. Conclusão, fiquei sem estatísticas do WordPress. Ok, pensei eu. Vou vivendo com o Google Analytics que dá informação que nunca mais acaba. Sim. Dá. Mas sobre o site em geral. Os plugins existentes para o WordPress dão mais ênfase às funcionalidades do WordPress ou pelo menos parece ser nestes muito mais fácil identificar a informação que é relevante para a análise que se quer fazer ao weblog. E assim sendo voltei a procurar um plugin que satisfizesse essa necessidade. Há muitos. O WordPress Plugins Database lista mais de 80. Os mais famosos são, para além do atrás referido WP-ShortStat, o Stat Traq que é bastante completo mas também pede recursos e com um mais elevado grau de complexidade para uma correcta configuração, o WP-Stat que disponibiliza a informação numa página do site ao invés de o fazer na área reservada à administração do mesmo e o Live Stat que permite ter uma actualização em tempo real de quem está, quem entra e sai do site. No meio de tanta escolha (e atenção que só desenvolvi os mais famosos) acabei por optar pelo WP-SlimStat-ex. Baseado no WP-SlimStat este WP-SlimStat-ex acrescenta-lhe algumas funcionalidades entre elas aquela que me fez optar: Poder limpar a base de dados das estatísticas antigas. Pode parecer uma contradição querer apagar a informação histórica do site mas este plugin permite-me por exemplo remover os indexes da base de dados ou definir um espaço de tempo dentro do qual os dados são mantidos. Informação desde sempre, numero de visitas, pageviews, tempo no site e coisas do género, essa estará sempre disponivel no Google Analytics onde não afectará a performance do browserd.com. A informação do momento, mais rápida e apontada directamente ao que quero saber, fica a cargo do WP-SlimStat-ex.

Já chega de conversa técnica por hoje.

Voltou também a vontade de passear pela net em busca de coisas interessantes e de bastante utilidade tal como algo que descobri enquanto visitava o site de um certo macaco: Quanto vale o meu cadáver? Ora ai está uma boa pergunta para um provável futuro pós-apocalíptico. Parece-me ser bastante útil saber qual o valor que o meu cadáver poderá alcançar no mercado não? Se não o meu, o de alguém… Fiquei contente de saber que o meu cadáver tem o fantástico valor de $4325.00. Não está mal não senhor.

Agora adeus que se faz tarde eu eu tenho que ir trabalhar e daqui até lá ainda são três estações de Metro.

11 thoughts on “Voltei ao trabalho. E ao site.

  1. LG, a que anúncios te referes? Eu já vi por aqui as coisas mais esquisitas que possas imaginar num espaço de publicidade… Enfim, tu conheces as estatísticas do site. Sabes bem a potencialidade do dito.
    Essa coisa da Sertã era muito boa ideia. Que tal dares umas dicas (tipo sítios para comer, sítios para ficar…)?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*